Contato: atendimento@50maissaude.com.br

Telefone: (11) 3663-1680

Buscar
Meu carrinho(Itens)

Seu carrinho está vazio

;(

Você ainda não acrescentou nenhum
item no seu carrinho

    Contato: atendimento@50maissaude.com.br

    Telefone: (11) 3663-1680

    Logo da loja Cinquenta Mais Saúde
    (Itens)

    Seu carrinho está vazio

    ;(

    Você ainda não acrescentou nenhum
    item no seu carrinho

      Buscar

      Produtos Encontrados

      Ordenar por:

      Selecione
      • Menor Preço
      • Maior Preço
      • Mais Vendidos
      • Melhores avaliações
      • A - Z
      • Z - A
      • Data de lançamento
      • Melhor Desconto

      Bolsas de Colostomia e Ileostomia

      Produtos encontrados: 83 Resultado da Pesquisa por: em 7 ms

      Itens por página:

      Produtos selecionados para comparar: 0Comparar

      Produtos encontrados: 83 Resultado da Pesquisa por: em 7 ms

      Itens por página:

      Produtos selecionados para comparar: 0Comparar

      Ver mais produtos

      Bolsa de colostomia: o que é, para que serve, tipos e como limpar 

       

      A vida é uma verdadeira caixinha de surpresas onde devemos nos preparar para lidar com situações desagradáveis, sejam elas temporárias ou definitivas. 

       

      Como nem tudo está ao nosso alcance, logo devemos tentar nos adaptar às circunstâncias, por mais que adversas que elas possam parecer. Passar por um procedimento cirúrgico no abdômen e instalar uma bolsa de colostomia na parede do intestino é um desses exemplos. 

       

      Mesmo que você nunca tenha passado pela necessidade de usar uma bolsa intestinal, ainda é importante  entender o que é, para que ela serve, quais são os principais tipos e como limpá-la corretamente. A seguir, você vai entender cada um desses pontos com mais clareza e detalhes. Continue a leitura!               

       

      O que é e qual é a função da bolsa para colostomia 

       

      A bolsa de colostomia é uma bolsa intestinal que é instalada na região onde se encontra o intestino grosso. Ela tem como função recolher as fezes produzidos pelo corpo e que não podem ser expelidas pelo reto, seja por causa de uma operação obstrutiva do local devido à presença de um tumor ou outro problema de saúde, por exemplo. 

       

      Essa bolsa coletora de fezes pode ser encontrada em diversos modelos, sendo que cada um deles se diferencia um do outro pelo material e frequência com que deve ser substituída, evitando irritações ao redor do estoma (região onde é encaixada, fazendo conexão com o intestino grosso).  

       

      Tipos de bolsas 

       

      Como já mencionamos anteriormente, a bolsa intestinal está disponível em versões variadas, justamente para atender diferentes necessidades do paciente que passou ou vai passar pela cirurgia de colostomia.  Atualmente, é possível encontrá-la nos modelos drenável, não drenável, em uma peça ou em duas peças. Vamos entender as diferenças e características de cada uma delas logo abaixo. 



      Drenável 

       

      As bolsas de colostomia drenáveis contam com uma abertura na região inferior para facilitar o seu esvaziamento sempre que estiver cheia. Como é usada mais de uma vez, logo acaba tendo uma maior durabilidade, o que pode ser interessante para quem deseja economizar e, ainda assim, quer um produto de qualidade. 

       

      Outro ponto positivo dessa bolsa intestinal é o fato de não causar lesões no estoma, já que não precisa ser removida constantemente, como acontece com os modelos não drenáveis, isto é, descartáveis. 

       

      Não drenável 

       

      Diferentemente do modelo descrito acima, esta bolsa para colostomia é fechada e, portanto, deve ser usada uma única vez e descartada logo em seguida. É ideal para quem não possui tempo ou habilidade de limpar o interior da bolsa intestinal. Recomenda-se a sua troca quando ? do seu conteúdo estiver cheio. 

       

      Em contrapartida, o fato de ser trocada frequentemente pode causar lesões na pele ao redor do estoma. Dessa forma, a sua troca precisa ser feita sempre com cuidado e atenção. 

       

      Uma peça

       

      Oferecendo uma relação custo-benefício interessante, a bolsa de colostomia de uma peça conta com a placa de fixação e bolsa formando um só item. A vantagem disso é que há menos material para descartar e, logo, menos lixo para ser descartado. Há também menos chances de haver dificuldades de instalar a bolsa na região do estoma. 

       

      Duas peças 

       

      Aqui tanto a bolsa quanto a placa estão separadas em duas peças. Primeiro, a placa é fixada no abdômen e depois ao coletor plástico. Essa separação favorece na limpeza na bolsa, já que basta removê-la e limpá-la, inclusive a parte externa da placa caso haja a presença de restos de fezes. 

       

      Como limpar e trocar 

       

      A limpeza e troca da bolsa intestinal não possui segredos, mas deve ser feita com atenção. Primeiramente, desloque-a lentamente para não machucar a pele. 

       

      Depois Limpe o estoma com o auxílio de um pano macio, de preferência umedecido em água morna. Agora seque bem a pele ao redor do estoma. Isso facilita a reposição da bolsa drenável ou não drenável. 

       

      Quanto ao material da bolsa velha, ele deve ser descartado em um vaso sanitário, enquanto que a bolsa pode ser jogada no lixo. 

       

      Agora que você já sabe tudo sobre a bolsa intestinal, aproveite para conferir outros artigos que estão no nosso blog. Será um imenso prazer ter você por aqui!